Às vezes acontecia de chegar à praia, em mais um dia ensolarado de férias e os salva-vidas terem distribuído placas vermelhas ao longo da orla. Era sinal de perigo e de que era preciso cuidado ao entrar para um mergulho. Algumas pessoas evitavam os banhos naqueles dias, preferiam apenas molhar os pés. No entanto, eu…

“Para começar, o tempo nos dirá e nada como um dia após o outro.” Como no trecho da belíssima canção do Tiago Iorc, as decepções são inevitáveis e só dependem do tempo para serem curadas. A gente se decepciona com o péssimo resultado na escola ou no trabalho, com os imprevistos do dia a dia…

Sempre acreditei que quando se tem amor, se tem tudo. Que quando duas pessoas se amam, não há nada que possa separá-las. Os obstáculos são superados, as diferenças são amenizadas e tudo se encaixa quando se tem amor. No entanto, como dizia o sábio Cazuza, “ao mais esperto e ao mais otário, o amor na…

Às vezes, ceder é um fardo. Vai pesando, pesando, até que você não consegue mais ceder, muito menos suportar toda a relação. Você começa cedendo porque ama. Porque gosta de ver o outro feliz. Deixa de lado sua opinião, releva o que te chateia. Depois, cede para não brigar. Cede porque não quer ser julgada…

A queixa parece ser constante. Minhas amigas, minha irmã, minhas primas. Todas afirmam com certeza: está faltando homem nesse mundo. Todos parecem ser inalcançáveis. Ou têm outros interesses, ou estão comprometidos, ou são aqueles criados a leite com pera, sem responsabilidade alguma, como eu já disse nesse texto. No entanto, parece que o que realmente…

Às vezes, amamos tanto que dá vontade de “guardar em um potinho”. De deixar lá, para admirar, proteger e livrar dos sofrimentos e ameaças do mundo lá fora. Mas aí, o pote, mesmo rodeado de muito amor e carinho, torna-se prisão. E é o que também acontece com os pássaros. Quando eles são poupados do…

Quando você chega em um restaurante e se depara com um cardápio de diversas opções, os olhos brilham. Você começa a salivar, a se imaginar saboreando cada um daqueles pratos. No entanto, diante da escolha, surge a dúvida. Com tantas delícias, fica difícil escolher uma só. E, quando finalmente escolhe, no momento em que o…

Quando eu tinha uns 11 anos, meu pai chegou em casa com a ideia de tirarmos as rodinhas da bicicleta. Afinal, eu e minha irmã já estávamos grandinhas para precisar delas. Só que a ideia não me agradou muito. Era tão bom andar daquele jeito, com aquela segurança. No entanto, a vontade de meu pai…