Para quem ama intensidade

intensidade

Não ir ao rodízio de pizza na segunda-feira. Não usar a roupa nova para ir à faculdade. Não chorar de rir. Não curar o choro com um sorriso. Não dar bom dia no elevador. Não fazer vários nadas durante a semana. Não passear com seu cachorro. Não se afogar em um abraço. Não tomar banho…

Pois é, eu resisti em te escrever um texto. Resisti porque eu me conheço bem. Cada um que inspirou um texto meu até agora, teve um espaço bem significativo no meu coração. Com você, eu neguei esse espaço até onde consegui. Neguei porque, diante da impossibilidade de te ter por inteiro, eu já conseguia prever…

Queria ser como aquelas pessoas que chegam e se despedem com uma facilidade invejável. Distribuem olá com alegria e aceitam o adeus com maestria. Que não se sentem nostálgicas em aeroportos e rodoviárias. Que chegam, aproveitam o momento e levam apenas boas lembranças. Não desejam ficar ou se sentem mal por partir, pelo contrário, nasceram…

Já me apaixonei muitas e muitas vezes. Apaixonar-se, para mim, não é algo difícil. Muito menos fácil. É apenas possível. A cada relação, me abro para a possibilidade de me apaixonar. Coloco-me à disposição para que, caso a paixão aconteça, eu a acolha naturalmente. Nessas tantas vezes em que aconteceu, em boa parte delas, não…

Pode até parecer, mas não é. Essa minha cara de menina, com sardas e cabelos cacheados pode demonstrar fraqueza e imaturidade, eu sei. No entanto, o coração não é de mocinha, bela, recatada e do lar. Ele é revestido de uma experiência que supera a própria idade e a cara de “menina moça”, como diz…

“Não se deve deixar a outra pessoa com quem você se relaciona saber que ela exerce certo domínio sobre o seu sentimento”. Foi o que ouvi de um amigo esses dias. Segundo ele, quando o outro percebe que você já está “na dele”, começam as chateações. A outra parte utiliza-se do seu sentimento para manipulá-lo…

Eu não te respondi tudo o que eu queria naquele email. Não mesmo. Na realidade, eu queria que você me dissesse que largaria tudo aí. Que você viria me encontrar, depois de tanto tempo. Ou que eu pudesse ir. De alma e coração limpos, em direção à cidade que marcou a nossa história. Eu queria…

Vivemos conectados o tempo todo. Estamos sempre online, seja no trabalho, em casa, na rua e até mesmo no banheiro. Resolvemos tudo pelo celular e claro, com os relacionamentos, isso não seria diferente. As ligações e encontros passaram a ser raras exceções. Mandamos áudio, gravamos vídeo e digitamos textões imensos. Por vezes, preferimos despejar tudo…