Para quem ama reciprocidade

reciprocidade

Às vezes, ceder é um fardo. Vai pesando, pesando, até que você não consegue mais ceder, muito menos suportar toda a relação. Você começa cedendo porque ama. Porque gosta de ver o outro feliz. Deixa de lado sua opinião, releva o que te chateia. Depois, cede para não brigar. Cede porque não quer ser julgada…

A queixa parece ser constante. Minhas amigas, minha irmã, minhas primas. Todas afirmam com certeza: está faltando homem nesse mundo. Todos parecem ser inalcançáveis. Ou têm outros interesses, ou estão comprometidos, ou são aqueles criados a leite com pera, sem responsabilidade alguma, como eu já disse nesse texto. No entanto, parece que o que realmente…

Você me procurou para contar um sonho que teve comigo. Para isso, queria me ver pessoalmente e me contar com detalhes. Relutei até aceitar o seu convite. Não queria mexer na ferida, que já estava há muito tempo cicatrizada. Tinha medo de, ao te ver, reviver o mesmo sentimento que tinha por ele. Temia me…

Tem alguns momentos da vida em que questionamos o quão ela pode ser injusta. Por exemplo, quando se é selecionado para uma vaga de trabalho. Ao chegar, descobrimos que é uma vaga temporária, sem qualquer expectativa de possível contratação. Querem apenas que você cubra férias de outro alguém. Passe um período pré-determinado e saia, sem…

Já me apaixonei muitas e muitas vezes. Apaixonar-se, para mim, não é algo difícil. Muito menos fácil. É apenas possível. A cada relação, me abro para a possibilidade de me apaixonar. Coloco-me à disposição para que, caso a paixão aconteça, eu a acolha naturalmente. Nessas tantas vezes em que aconteceu, em boa parte delas, não…

Pois é, eu nunca ouvi um “eu te amo” da sua boca. E, mais importante do que isso, você nunca deixou explícito, nas suas atitudes, que, de fato, era amor. Você dizia que gostava, mas gostar, meu caro, a gente gosta de chocolate. E agora, vem você me dizer que era amor. Depois de tanto…

Lembro do dia em que a gente se conheceu. Eu fiquei visivelmente encantada pelo jeito com que você era atencioso, mesmo que eu estivesse falando coisas totalmente sem importância. Tínhamos muitos interesses em comum, lembra? E o mais surpreendente é que você, tão lindo, era também tão interessante. Na época, eu tinha um certo preconceito…

Quando criança, aprendi que os anjos eram criaturas divinas, que não podíamos ver, mas que estavam sempre ao nosso lado. O objetivo era proteger, guiar e ser aqueles que zelam por nós, mesmo enquanto dormimos.  Função bonita essa de anjo. Sempre desejei que eu pudesse vê-los, se eles de fato existissem. Queria poder lhes dar…