Para quem ama sofrimento

sofrimento

Às vezes acontecia de chegar à praia, em mais um dia ensolarado de férias e os salva-vidas terem distribuído placas vermelhas ao longo da orla. Era sinal de perigo e de que era preciso cuidado ao entrar para um mergulho. Algumas pessoas evitavam os banhos naqueles dias, preferiam apenas molhar os pés. No entanto, eu…

“Para começar, o tempo nos dirá e nada como um dia após o outro.” Como no trecho da belíssima canção do Tiago Iorc, as decepções são inevitáveis e só dependem do tempo para serem curadas. A gente se decepciona com o péssimo resultado na escola ou no trabalho, com os imprevistos do dia a dia…

Sempre acreditei que quando se tem amor, se tem tudo. Que quando duas pessoas se amam, não há nada que possa separá-las. Os obstáculos são superados, as diferenças são amenizadas e tudo se encaixa quando se tem amor. No entanto, como dizia o sábio Cazuza, “ao mais esperto e ao mais otário, o amor na…

E tá tudo bem. Não existe uma obrigação para isso. Muito menos regras ou manuais de como fazer dar certo. Às vezes, por mais que você esteja disposto, por mais que haja reciprocidade e sintonia, simplesmente não dá. Não era para ser, o destino não quis. Em alguns casos, não há culpados ou vítimas, o…

Não ir ao rodízio de pizza na segunda-feira. Não usar a roupa nova para ir à faculdade. Não chorar de rir. Não curar o choro com um sorriso. Não dar bom dia no elevador. Não fazer vários nadas durante a semana. Não passear com seu cachorro. Não se afogar em um abraço. Não tomar banho…

Não há como negar. Sempre vai ter uma ex, uma história complicada, uma questão mal resolvida. Algumas coisas que ainda machucam no presente, é porque já foram muito dolorosas no passado. As desilusões de agora já foram expectativas fracassadas há alguns anos. Ou seja, é inevitável abrir mão do que passou. No entanto, é possível…

Fica difícil de entender, sabe. As pessoas têm tanto medo de se machucar que se fecham em casulos inatingíveis. Tentam se proteger a todo custo e acreditam que, para isso, a razão precisa estar no controle. Quando o sentimento começa a tomar posse, é sinal de ameaça. É preciso bloqueá-lo, como um intruso que insiste…

Quando já não cabe mais. Quando o espaço está apertado para o tamanho que a pessoa ocupa. Quando as lágrimas são mais constantes do que os sorrisos. Quando tudo começa a pesar. É aí que é preciso entender que não há mais nada a ser feito. Que as tentativas se esgotaram, afinal, é impossível continuar…